A alegria que vem do MOVIMENTO.

3694245056_fc2d9d5d13_oQuando tudo parece chato e aquela ideia fixa fica martelando em sua cabeça, é hora de se mexer. Em movimento você descobre novos prazeres, novos caminhos e aproveita melhor a vida. A ideia aqui não é ser um ‘atleta’, nem ficar correndo de um lado pra outro, mas pegar impulso para SER FELIZ!

Tem dias em que você acha tudo difícil ou sem graça, ou nos momentos em que o corpo reclama, a cabeça está a mil, e a tensão em alta, o melhor a fazer é mexer o corpo. Decisões simples como dar uma volta no quarteirão, mesmo na hora do seu almoço, e se sobrar um tempinho, dar uma parada para ver vitrines, espiar uma banca de jornais para adquirir uma revista diferente, ou ler um trecho de um livro de mensagens edificantes, tomar um sorvete após o almoço em um lugar diferente de onde foi almoçar, incrementar essa pequena pausa de forma criativa…Mais tarde, além de dar uma boa volta próximo de sua casa, pode passear com seu animal de estimação, arrumar gavetas, tomar um lanche gostoso ou fazer um suco, as vezes são suficientes para dissolver a agitação mental, renovar as energias, oxigenar o corpo e deixar o espírito mais leve. Qualquer que seja o movimento que você escolha, ele tem o poder de espantar o mal estar, e até o tédio.

Atividades que descarregam energia, como caminhar ou fazer esteira, mudam a química cerebral, produzem endorfina e bem estar. Dançar, se espreguiçar ou dar cambalhotas, são gestos muito bons para mostrar o que o corpo e a alma pedem: PRESTAR ATENÇÃO NOS SENTIMENTOS E DEIXAR QUE ELES SE EXPRESSEM CORPORALMENTE. Estabeleça uma conexão restauradora entre o físico e as emoções, que é uma forma de nos apropriarmos de nossa essência, e do que nos acontece. A ideia aqui é não concentrar suas energias e ideias o ano todo para serem ‘descarregadas’ somente nas férias, e sim, no dia a dia, nos finais de semana, nos espaços que você tiver para aproveitar melhor sua vida, e se sentir mais feliz todos os dias do ano. Quando chegar suas férias, poderá inclusive ser melhor aproveitadas, pois já estará menos desgastado pelo ano que passou, e se você refletir sobre cada ano bem aproveitado, contabilizará maiores experiências felizes, melhor aproveitamento de sua vida em seus momentos, e terá menos queixas, e maior produtividade também.

Algumas pessoas conseguem encontrar suas fórmulas para romper o casulo da rigidez mental e da mesmice do cotidiano. Quando está atolado em um trabalho ou com dificuldades de deixar novas ideias fluírem, dê uma parada em tudo e vá andar a pé, de bicicleta, e se morar próximo a praia ou um parque, aproveite para dar uma boa caminhada em lugares tão bonitos e saudáveis. É como se a pessoa esvaziasse e abrisse espaço para um nível não racional de resolução. Depois de uma hora ou um pouco mais, a pessoa já está energizada e com visão mais clara de como realizar seu trabalho.

Encontrar alívio na maratona de 8 horas diárias no trabalho, requer criatividade. Durante a semana, podemos criar brechas na agenda para planejar atividades que nos dê alegria, novos aprendizados que nos distraiam e nos façam bem, como ir comprando materiais que usará no final de semana quando colocará em prática sua receita particular, que pode ser uma comida especial, um trabalho artesanal, um curso diferente que não tem nada a ver com a rotina do seu trabalho – mesmo para aqueles que acham que não tem aptidão para artes em geral, mas sim, pensando em algo relaxante e até uma redescoberta de si mesmo, pois ninguém nasceu sabendo, então precisamos de novos aprendizados diferenciados para nos testar sempre, e isso nos estimula e muito! Alguns podem fazer curso de marcenaria para principiantes, outros redecorar aos poucos sua casa, ou consertar algo que está estragado. Pintar uma parede para que tenha uma cor ou textura diferente e alegrar sua casa, trocar pisos, planejar e fazer um item decorativo para sua casa, ou um presente para alguém especial, são atividades que saem do lugar comum e das obrigações de trabalho semanais, distraem, e fazem bem para nosso eu, e com isso, revigoram. Quando chega a nova semana de trabalho, a pessoa já está renovada, pronta para mais uma semana de desafios.

Os movimentos de aspecto banais, como caminhar com os pés bem plantados no chão por exemplo, também podem ser agradáveis e relaxantes. Gestos comuns como levantar-se de uma cadeira onde está sentado há um tempo, contam com a total participação do corpo da cabeça aos pés, e produzem uma completa distribuição da força muscular coordenada com os ossos e as articulações. Esse sistema também pode trazer bem estar.  É uma questão de ‘desligar o piloto automático’, que nos impede de sentir prazer com as ações mecânicas do corpo. Boas opções, como ouvir e dançar sua música favorita é algo maravilhoso para alegrar…como para quem gosta de dirigir, pegar a estrada e descobrir novos caminhos, conhecer pequenas cidades próximas onde você mora, restaurantes diferentes, distraem a mente, e você ainda pode combinar de sair com amigos/as, com seu companheiro/a, familiares, que pensam como você, e o bem será em dobro para todos! E outra dica importante: quando um amigo/a convidar você para sair, aceite! Cada um tem suas ideias diferentes e conversar é muito gostoso, conhecer com seu amigo/a o ambiente preferido de cada um, e com isso ampliar amizades e conhecimentos. Para quem gosta de cultura, vá a museus, mostras artísticas e musicais, teatro, cinema…Mas nunca deixem de lado os passeios junto a natureza, que são extremamente gratificantes, pois a troca de energias com esses lugares são muito salutares. Tenha a ideia de fazer piqueniques em lugares assim, chame seus amigos, familiares, e será um grande prazer compartilhado com todos!

Seja qual for a estratégia ou o movimento que você crie para trocar as lentes cinzentas de um dia aborrecido, ou de uma rotina estafante, sempre vale a pena se mexer. Para extrair o máximo de energia e prazer desses momentos, o segredo é um só: estar presente, colocar-se por inteiro, de corpo, coração e alma, naquilo que está fazendo. Porque somos muito fragmentados. Há uma divisão entre nossa mente, emoções e nosso corpo, e uma das formas de integrá-los, é prestar atenção nas sensações. Quando estamos presentes e inteiros, ficamos mais sensíveis e tranquilos.

VISUALIZAÇÃO: tire os sapatos e ande descalço. Enquanto isso, imagine toda a tensão, toda a energia negativa, tudo o que você não deseja saindo por seus pés. Visualize o planeta Terra recebendo essas energias, e como se fossem adubo, transformando-as em flores colocadas no seu caminho. Lembre-se de respirar e aproveite a energia que o ar traz a seu corpo.

NOS AMBIENTES: os óleos essenciais utilizados na Aromaterapia ajudam a harmonizar as energia da casa e do local de trabalho.

  • Lavanda – Anti estresse e irritação.
  • Alecrim – traz ânimo, dissolve sonolência e fraqueza.
  • Lemongrass – Alivia o cansaço mental, a dificuldade de concentração e a perda de criatividade.
  • Laranja ou Grapefruit – para o ambiente em que predomina a tensão, para dissolver conflitos.
  • Melaleuca e Eucalipto – purificam locais carregados de energias muito densas.
  • Ylang Ylang – para criar uma atmosfera amorosa.

COMO USAR NO DIFUSOR com réchaud (vela tipo lamparina acesa) – coloque 10 gotas de óleo essencial e duas colheres de água. Deixe aceso durante meia hora.

PULVERIZAÇÃO COM AROMATIZADOR DE AMBIENTE (Home Spray) – quando esse aromatizador for feito com ingredientes naturais, os efeitos são imediatos, é só pulverizar algumas vezes na parte superior de cada ambiente. Use quantas vezes sentir necessidade.

DIFUSOR COM VARETAS, E CONTEÚDO DE AROMATIZADOR DE AMBIENTE ORGÂNICO – abra o frasco onde contém o aromatizador, coloque dentro as varetas, e deixe no ambiente evaporando naturalmente, em lugar seguro para que crianças e animais não mexam. Estes são geralmente decorados, deixando o ambiente ainda mais bonito, além do aroma no ambiente ficar bem suave.

Por Zelia Madureira, Aromaterapeuta, Cromoterapeuta, Cristaloterapeuta, Professora de artesanato e Arte Terapia, e artesã cadastrada na Sutaco.

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *