1- Codigo das Cores

As cores e suas mensagens – Que cor usar?

 

 

1- Codigo das Cores

Várias culturas ensinam como combinar as cores do guarda roupa com o momento da vida e estados de espírito. De acordo com suas formas de pensar, existem sim, tons mais favoráveis para procurar trabalho, relaxar, namorar…

Quantas vezes ao escolher sua roupa de manhã, bateu aquela dúvida: qual roupa, ou melhor, qual cor deveria escolher? Pior ainda: quem nunca fez a escolha um dia antes, deixou reservado seu traje completo, tudo pronto para vestir e sair, mas no dia seguinte não se sentiu bem com a escolha, e voltou para escolher outra roupa para o dia…Difícil entender? Até que nem tanto.

Várias correntes de conhecimento, tanto orientais como ocidentais, avalizam a importância da cor em nossas vidas…Os chineses por exemplo, acreditam que as roupas que usamos atraem o ch’i, e a energia vital, por isso é bom refletir sobre o que vamos vestir.

A escolha da cor mais adequada depende de vários fatores: características marcantes de sua personalidade, como você se sente naquele momento, e o que pretende fazer durante o dia (trabalhar, namorar, ir a uma festa, sair para encontrar alguém, sair para se distrair, etc).

Estados emocionais podem ser suavizados ou ativados com a utilização da cor. Temos que aprender a reconhecer que algumas cores nos fazem mais felizes e outras nos entristecem – isso é real. E existem dias que estamos particularmente sensíveis à influência das cores. E é bobagem insistir numa roupa que não nos faz sentir bem.

O significado das cores pode mudar para cada um, mas está sempre ligado ao nosso interior. Cores traduzem momentos de vida. Podemos usá-las para compensar ou estimular a energia. Na sabedoria chinesa, as cores são ligadas aos cinco elementos que compõe o universo: madeira, fogo, terra, água e metal, e são associadas as qualidades da alma humana.

E como essa mensagem colorida é recebida por quem a vê? Uma tonalidade sempre sinaliza o que uma pessoa está sentindo. Se você está num momento feliz, vai escolher cores vibrantes. Se está triste, não terá vontade de usar peças multicoloridas, a não se que, conscientemente, queira alterar o seu estado de espírito.

Ao escolher uma roupa, observe seu estado de espírito e opte por uma cor que simbolize, para você, o sentimento que deseja estimular. Nossos códigos internos são sempre os mais importantes, são eles que determinam nosso ânimo.

AS CORES EM DIVERSAS CULTURAS:

Preto e Branco: Elegantes e sofisticados, o preto e o branco traduzem o tao, a união da energias opostas e complementares – yin e yang – que, segundo a sabedoria chinesa, deu origem ao universo. No símbolo do tao, há sempre um ponto branco na parte negra e um ponto negro na parte branca – uma prova de integração entre as duas forças. O preto está associado à energia yin, um convite à interiorização. Uma pessoa só consegue usar preto se estiver bem consigo mesma. Assim ela se sente forte, uma guerreira. Quando estamos mais sensíveis, o uso do preto pode ser um convite à melancolia. Já o branco, ligado à energia yang, é sinônimo de expansão, abertura e movimento.

Azul e Verde: Cores frias como tons de azul e verde trazem calma, equilíbrio e relaxamento. O azul é muito indicado para pessoas que sofrem de depressão. Se o azul tranquiliza, o verde – tonalidade que está no meio do espectro cromático – traz equilíbrio, pois simboliza a distância dos opostos. É uma cor que traz estabilidade e ajuda a nos centrar.

Vermelho, laranja e amarelo: Força e vitalidade estão associadas ao laranja. De uma maneira geral, tonalidades mais yang, como vermelho, amarelo e laranja, passam a mensagem de alguém seguro, confiante, aberto para a vida. Essa técnica de harmonização sempre busca o equilíbrio das energias. Assim, uma pessoa muito yang, agitada e extrovertida, pode compensar esse padrão energético usando roupas de cores mais yin que são as tonalidades mais escuras, como preto, marrom, azul escuro, verde oliva e cinza.

Rosa: O rosa inspira sentimentos suaves de ternura e afeto, e abençoa os encontros de amor. Junto com o vermelho, cor ligada em nossa cultura à paixão, forma uma dupla ideal para momentos românticos.

Roxo: Roxo é a cor da realeza, associada com riqueza e fama. A cor é a cor de riqueza e nobreza no oriente e inclui a virtude.

Marrom: Culturas ocidentais: O marrom é térreo, estável, seguro e integral, pois associação é feita da cor de grãos. Nos horóscopos chineses, o marrom é usado para representar a terra. Oriente Médio: Marrom é harmônico com a terra e conforto. Em todo o mundo: O significado do marrom é frequentemente chamado de ‘não-cor’ por causa das suas tendências neutras.

APLICAÇÃO DAS CORES EM ALGUMAS SITUAÇÕES DO COTIDIANO, DE ACORDO COM AS DIFERENTES LINHAS DE CONHECIMENTO:

Para procurar trabalho: De acordo com o Feng Shui o ideal é o preto, azul escuro com toques de vermelho; Na Terapia Indiana é a cor laranja; Na Cromoterapia não há indicação.

Para namorar: Pelo Feng Shui as cores são vermelho, rosa, laranja, amarelo e cores cítricas; Pela Terapia Indiana é o amarelo; e pela Cromoterapia é o laranja e tons de amarelo.

Para ir a festas:  Feng Shui: o vemelho, rosa, laranja, amarelo, e cores cítricas são as cores ideais; Pela Terapia Indiana o correto é o azul; Na Cromoterapia não há indicação.

Para ir a casamentos: Feng Shui usa-se o branco; Terapia Indiana: azul em todos os tons e lilás; Cromoterapia não há indicação.

Para ir a velórios: Feng shui indica preto para ocidentais e branco para orientais; Terapia Indiana: usa-se todos os tons de azul; Cromoterapia: preto, cinza e o branco.

Para dormir: Feng Shui: azul claro, rosa claro, verde claro e branco; Terapia Indiana: amarelo claro; Cromoterapia: azul e violeta.

Para fechar negócios: Feng Shui: preto, azul marinho e toques de amarelo ou vermelho; Terapia Indiana: laranja. Cromoterapia: verde e o vermelho.

Para mudar de casa: Feng Shui: usam todos os tons de verde. Terapia Indiana: laranja; Cromoterapia: não há indicação.

Para recuperar a saúde: Feng Shui: não há indicação; Terapia Indiana: Verde; Cromoterapia: verde, rosa e amarelo.

Para estudar: Feng Shui: Amarelo e marrom; Terapia Indiana: azul-índigo; cromoterapia: índigo e amarelo.

Para acalmar: Feng Shui: Azul claro; Terapia Indiana: todos os tons de azul; Cromoterapia: azul claro, verde oliva e violeta.

Para reanimar: Feng Shui: vermelho; Terapia Indiana: vermelho: Cromoterapia: laranja, vermelho e azul.

Para tratar da depressão: Feng Shui: verde; Terapia Indiana: laranja ou vermelho; Cromoterapia: azul.

Estar em locais com muita gente: Feng Shui: preto para se preservar, e branco para participar; Terapia Indiana: laranja; Cromoterapia: laranja.

Embora não podemos nos esquecer que é muito importante considerar o valor que cada cultura atribui a uma cor, ao escolher uma roupa ou acessório, estamos diante mais de valores simbólicos do que de energéticos. De acordo com essa forma de pensamento, se o rosa na cultura ocidental está associado ao amor romântico, essa é a informação que deve prevalecer. Não importa se em outro país ou sociedade essa cor está associada a outro sentimento. O que vale mesmo é nosso conjunto interno de símbolos, escolher de acordo com nossos sentimentos para nossa satisfação pessoal.

Zelia Madureira.

 

 

 

 

Um comentário sobre “As cores e suas mensagens – Que cor usar?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *